Mostrando 2 Resultado(s)
Análise Refrigerantes

ANÁLISE: Coca-Cola Plus Café Espresso

Recentemente, a Coca-Cola lançou uma nova variante da sua linha de refrigerantes. O novo sabor, com café em sua fórmula, já era distribuído na Ásia e chega agora ao país para ficar: não se trata de uma edição limitada, mas sim integrará o portfólio fixo da marca. O SUARECEITA.NET experimentou a nova Coca-Cola e trás agora uma análise do refrigerante.

coca-cola plus café espresso

A ANÁLISE

Contendo 40% mais cafeína que a Coca-Cola regular e com a promessa de entregar o sabor da bebida mais popular do mundo, a Coca-Cola Plus Café Espresso também tem teor reduzido de açúcares (cerca de 50% de acordo com a própria Coca-Cola). A nova edição do refrigerante está disponível apenas em latas de 220ml – o equivalente a um copo – e pode ser encontrada a um preço (sugerido) de R$ 1,39.

.
.

A redução de açúcares na fórmula também acaba reduzindo o total de calorias do produto, mas, ainda assim, continua mais calórica que a variante “Zero”. Por outro lado, para quem imagina que menos açúcar pode significar que o amargor do café estará mais presente a decepção é certa: apesar disso o refrigerante é (bem) doce. Contudo, o sabor do café está presente e predomina o paladar deixando pouco ou quase nada do sabor clássico da Coca-Cola.

O VEREDICTO

Gosta de café doce? Então você irá gostar da Coca-Cola Plus Café Espresso. Prefere ele ao natural? Então esse, definitivamente, não é um produto para você. O sabor remete muito a algum doce que leva o café na sua preparação (como um tiramisu, por exemplo). O teor elevado de cafeína pode ser uma boa para recuperação energética e a praticidade é um ponto forte para quem não consegue ficar longe da bebida. Ah: beba muito gelado.

Nota: ★★★✩✩

Clique aqui e veja outras análises
Clique aqui para nos seguir no Instagram
Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Análise Bebidas Refrigerantes

ANÁLISE: Sprite Ice Mint

No final de fevereiro a Coca-Cola lançou no Brasil a versão de Sprite com um toque de menta, já distribuído no México e Holanda. O SUARECEITA.NET experimentou o novo sabor e agora vamos trazer uma análise do refrigerante.

A ANÁLISE

Disponível em latas de 310ml e 375ml e garrafas pet de 1,5L e 2L, o refrigerante não possui açúcar em sua fórmula. Na edição de 375ml (a qual provamos) há 66mg de sódio (o equivalente a 3% dos valores recomendados para uma dieta de 2.000 calorias), um teor alto se comparado a outros refrigerantes da própria linha Coca-Cola, e 5kcal. A lata do refrigerante é idêntica à do sabor original, substituindo o verde por um tom de cinza prateado e com o desenho de algumas folhas de menta no topo da lata.

Em relação ao sabor, a Sprite Ice Mint possui o tradicional paladar de limão no início, com um crescente sabor de menta no final e que permanece na boca – sabor esse que lembra muito as balas Halls e as gomas de mascar Trident com embalagens verde e… creme dental.

O VEREDICTO

Gosto é uma questão particular e, particularmente, nós do SUARECEITA.NET não somos lá tão chegados em coisas que lembrem – mesmo que de leve – creme dental. Só o que salva mesmo é o sabor de limão que está presente, apesar de ser rapidamente suprimido pelo sabor de menta. A Sprite original talvez seja mais recomendada para quem tem uma opinião semelhante.

Nota: ★ ✩ ✩✩ ✩

Clique aqui e veja outras análises
Clique aqui para nos seguir no Instagram
Clique aqui e curta nossa página no Facebook